Doenças ocupacionais, acidentes e problemas na área de segurança podem ser evitados se todos os funcionários e a empresa onde eles trabalham terem plena consciência do valor do uso do EPI (Equipamentos de Proteção Individual) dentro do ambiente de trabalho. Dessa forma, riscos ocupacionais podem ser impedidos, neutralizados ou, pelo menos, minimizados em muitas situações.

Os Equipamentos de Segurança Individuais (EPI) podem ser específicos para cada tipo de funcionário. Eles devem ser oferecidos sem nenhum custo e permanecerem conservados, em perfeito estado de uso, por quem os utiliza. Além disso, a empresa que oferecer os equipamentos também deve proporcionar treinamentos de como utilizá-los, preservá-los e trocá-los imediatamente se eles estiverem deteriorados.

Todo funcionário precisa ter completa e constante responsabilidade pela limpeza e manutenção de seus materiais e equipamentos. Se ele perceber qualquer tipo de falha, defeito ou irregularidade em um deles, ele deve comunicar imediatamente a empresa que o contratou.

Quais são os equipamentos utilizados?

Os principais equipamentos de segurança utilizados entre os funcionários são:

  • Os que irão proteger a respiração – filtros e máscaras específicos
  • Os que irão proteger a audição – materiais que abafem ruídos e protetores auriculares
  • Os que irão proteger a visão e o rosto – óculos de proteção e viseiras
  • Os que irão proteger as mãos e os braços – luvas e mangas especiais
  • Os que irão proteger os pés e as pernas – botinas, botas, calçados especiais, polainas e perneiras
  • Os que irão proteger a cabeça – capacetes
  • Os que irão proteger contra o sol – protetor solar
  • Os que irão proteger contra quedas – cintos e cinturões de segurança

Na compra dos equipamentos, é obrigatório que o material tenha o CA (Certificado de Aprovação), emitido pelo Ministério do Trabalho e Emprego, para garantir a sua qualidade e segurança.

Quais são os ambientes de trabalho que pedem pelos EPIs?

Certos espaços e situações de trabalho pedem ainda mais pelo uso de EPIs. Elas são:

  • Ambientes com ruídos
  • Ambientes com ventilação
  • Quando se estiver utilizando máquinas
  • Em alturas elevadas

Se a empresa não utilizar e não oferecer os EPIs aos seus trabalhadores, ela poderá ter problemas de insalubridade, de ruídos em excesso e pagar multas e indenizações por danos morais.

É preciso, portanto, levar sempre em consideração, por meio de diálogos, de treinamentos e de workshops feitos por empresas e empregadores, que todos os trabalhadores devem utilizar os seus equipamentos de forma obrigatória, correta e frequente.

Você tem mais alguma informação ou curiosidade sobre a importância dos EPIs para contar para nós? Compartilhe conosco nos comentários!

Esperamos por você!

Até breve!

Equipe SOCCORRO
EPIs | Descartáveis | Uniformes Profissionais

cta_recompensa_blog_soccorro_compras