Quem trabalha e promove saúde deve assegurar a própria saúde

Saúde é a ausência de doença. Por várias gerações a palavra é utilizada para brindar, comemorar e emitir bons desejos aos conhecidos. Tem várias representações, porém associada ao ato de cuidar, remete-nos a médicos, enfermeiros, dentistas etc.  Esses profissionais não são os únicos que trabalham com promoção da saúde, existem outros que atuam direta ou indiretamente na área. Neste post você conhecerá a NR32 (Norma Regulamentadora 32), criada em 2005 para garantir a saúde de quem a promove.

A quem se destina a NR32?

O item 32.1.2 da NR32 informa que “entende-se por serviços de saúde qualquer edificação destinada à prestação de assistência à saúde da população, e todas as ações de promoção, recuperação, assistência, pesquisa e ensino em saúde em qualquer nível de complexidade”.

Quais as regulamentações da NR32?

Riscos Biológicos

É a exposição dos trabalhadores a agentes biológicos, geneticamente modificados ou não, como fungos, bactérias, clamídias, riquétsias, parasitas, toxinas, príons (causam doenças do sistema nervoso) e outros. Os riscos são classificados em graus, mas para melhor identificá-los é recomendável usar também o Programa de Prevenção de Riscos (PPRA). Conheça os graus:

  1. Baixo risco individual e coletivo, baixa probabilidade do ser humano adoecer;
  2. Moderado risco individual, baixa possibilidade de transferência à sociedade. Há tratamento  para a doença;
  3. Elevado risco individual e possibilidade de transmissão à coletividade. Tratamento ineficaz;
  4. Elevado risco individual e elevada probabilidade de disseminação à coletividade. Sem condições de tratamento.

Confira a tabela contendo o grau de risco dos agentes biológicos aqui: http://www.guiatrabalhista.com.br/legislacao/nr/nr32_anexoII.htm

Devem constar no Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) as possibilidades de exposição acidental a agentes biológicos para adoção de medidas de proteção.

Os empregadores devem fornecer uniforme, local para depósito de roupas usadas e limpas; EPIs; vacinação gratuita para imunização de tétano, difteria, hepatite B e outras relacionadas no PCMSO.

Riscos Químicos

As embalagens dos produtos químicos não devem ser reutilizadas, o rótulo do fabricante tem que ser mantido com o nome do produto, seus compostos químicos e concentração, datas de envase e de validade.

A fim de aplicar o PPRA, os produtos devem ter ficha descritiva de suas características e formas de utilização, riscos ao trabalhador e ao meio ambiente, medidas de proteção individual e coletiva, como e onde estocá-los.

Radiações Ionizantes

As exigências da NR32 com relação a radiações ionizantes requer observação às disposições normativas da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e do Ministério da Saúde.

Quem desenvolve atividades com risco de contaminação deve ficar o menor tempo possível em contato com radiações ionizantes; usar EPIs adequados etc.

Ao empregador cabe implementar medidas coletivas de proteção; capacitar todos os que mantêm contato com radiações ionizantes; e anotar as capacitações no registro do trabalhador.

A Radioterapia deve ter salas exclusivas, com trava interna para não serem acessadas indevidamente, na parte externa luminosos sinalizam o uso do equipamento.

Salas de Braquiterapia são apenas para o trabalho a que se destinam. Para transportar recipientes é necessário que haja identificação e símbolo indicando que o material é radiativo.

O ambiente para Radiodiagnóstico Médico deve ter Alvará de Funcionamento de autoridade sanitária e de programa que ateste a qualidade.

A sala de Raio X não pode ter mais de um equipamento, nas portas é preciso ter o símbolo internacional de radiação ionizante.

Equipamentos de fluoroscopia devem possuir sistema de intensificação de imagem com monitor de vídeo acoplado; cortina ou saiote plumbífero inferior e lateral para proteger o operador.

Para realização de Radiodiagnósticos Odontológicos os trabalhadores mantêm-se afastados do cabeçote e do paciente, o filme não deve ser segurado durante a exposição.

Resíduos

A sala de armazenamento temporário dos recipientes de transporte deve ter pisos e paredes laváveis; ralo sifonado; ponto de água e de luz; ventilação adequada; ser limpa; ter controle de vetores; sinalização e identificação.

Carro de material rígido, lavável e impermeável faz o transporte dos resíduos para a área de armazenagem externa no horário de menor fluxo de pessoas etc.

O empregador deve capacitar seus contratados quanto à classificação de risco dos resíduos; meios de reduzi-los, uso de EPIs; gerenciamento e uso correto de sacos plásticos.

Condições de Conforto para as Refeições

Estabelecimentos com até 300 trabalhadores devem ter local para refeição, localizado fora da área do posto de trabalho, com piso lavável, limpeza em ordem, seja arejada e bem iluminada, tenha lavatórios para higiene das mãos, papel toalha, sabonete líquido e lixeira com tampa acionada por pedal, água potável, mesas e assentos em quantidade do número de trabalhadores por intervalo de descanso e refeição, bem como equipamento seguro para aquecimento de refeições.

Lavanderias

Na lavanderia deve existir uma área para a roupa limpa e outra para a suja, sendo que as roupas lavadas são manipuladas apenas depois das sujas.

A porta da máquina de lavar deve ser dupla ou de barreira, a roupa utilizada é inserida pela porta situada na área suja, após lavada, a retirada é feita na área limpa, por outro operador.

As máquinas de lavar, centrífugas e secadoras devem ter dispositivos eletromecânicos que interrompam o funcionamento quando os compartimentos forem abertos.

Limpeza e Conservação

Os trabalhadores que realizam a limpeza dos serviços de saúde devem ser capacitados continuamente, quanto à higiene pessoal; risco biológico e químico; sinalização; rotulagem; EPIs e EPCs; e procedência em situações de emergência. Seus empregadores devem providenciar materiais e utensílios de limpeza que preservem sua integridade física.

Empresas de limpeza e conservação atuantes nos serviços de saúde devem instruir seus colaboradores quanto à Manutenção de Máquinas e Equipamentos; higiene pessoal; riscos físicos, químicos e biológicos; tipos e usos de EPIs e EPCs; sinalização e rotulagem preventiva.

Já as empresas que prestam assistência técnica e manutenção devem descontaminar seus equipamentos para realizar manutenção e inspecionamento, ambos procedimentos devem ser registrados.

Observaram que EPIs e cumprimento das NRs são essenciais para o desenvolvimento das atividades? Então seja consciente e proteja sua saúde.

Até a próxima!